Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Combate à dengue é intensificado em Carneirinho

Combate à dengue é intensificado em Carneirinho

por Mayra Barbosa Souza publicado 06/10/2014 21h10, última modificação 11/10/2016 08h39

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença viral que pode matar. No Brasil, aproximadamente 2 milhões de casos foram notificados em 2013. Neste ano, algumas pessoas contraíram o vírus em Carneirinho. Diante dessa realidade, a Secretaria Municipal de Saúde investe na prevenção, eliminando focos e conscientizando os moradores dos distritos, vilas e sede.

“No município, são mais de 5 mil casas visitadas periodicamente e mais de 10 pontos estratégicos vistoriados a cada 15 dias”, diz Márcio Mendes de Oliveira, agente de saúde. Com as chuvas, a água fica parada e o mosquito aproveita para se proliferar. “Encontramos focos com frequência nas vasilhas em que os animais bebem água e nas caixas d’água destampadas”, ressalta Edivaldo Donizeti, agente de saúde há 32 anos.

Palestras sobre a dengue são ministradas pelo agente e educador em saúde, Gabriel Rodrigues. “Desde agosto estou repassando informações importantes a respeito do mosquito e da doença às crianças. A última foi no dia 30 de outubro, com alunos do 6º ano B da Escola Estadual Bom Sucesso”, lembra Gabriel.

“A conscientização e o combate se complementam. Nossos agentes têm trabalhado para eliminar o mosquito, mas é preciso que os carneirinhenses estejam cientes de que eles são peças fundamentais na luta contra a dengue”, explica Benevenute Maia, secretário de Saúde. Cada um deve cuidar do seu quintal e mantê-lo limpo e é isso que a dona de casa Tananda dos Prazeres Silva faz. “Não deixamos latas nem garrafas no quintal. Temos uma filha pequena e não queremos vê-la com dengue”, conta. 

Da esquerda para a direita: os agentes de saúde Douglas José Rocha David, Gerson Ferrari, Jorcimar Pedro Filho, Rodrigo Cardoso Lopes, Wellington Barbosa, Edivaldo Donizeti Maia e Gabriel Rodrigues
Gabriel mostra como é o mosquito da dengue
Alunos do 6° ano 3 atentos durante a palestra
“Cheguem em casa e falem para os pais de vocês como a dengue é perigosa”, destacou Gabriel
Da esquerda para a direita: Hériclis Lopes Trassi, 11; João Victor Alves de Lima, 11; educador em saúde, Gabriel e Letícia Silva Machado, 12, os três são alunos do 6º ano B
Tananda dos Prazeres Silva é uma das moradoras de Carneirinho que, mantendo o quintal livre da sujeira, evita a proliferação do mosquito
Mayra Barbosa Souza
MBT 19.189/MG
imprensa@carneirinho.mg.gov.br
(34) 3454-0269
Menu
Nota fiscal eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
Portal da transparência
  Portal da Transparência

Acesso a informação

« Janeiro 2017 »
Janeiro
DoSeTeQuQuSeSa
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031