Você está aqui: Página Inicial / Município / História

História

por Angelo Marcondes de Oliveira Neto publicado 09/07/2013 17h40, última modificação 13/05/2015 08h45

No dia 12 de outubro de 1882, na fazenda Bom Sucesso, nasceu Juvenal José de Queiroz, filho de José Rodrigues de Queiroz e de Rita Carneiro de Queiroz. Juvenal casou-se com Ana Maria de Lima, filha de José Alves de Lima e Rufina Perpétua de Toledo. O casal teve onze filhos, os quais receberam o apelido de “carneirinhos", graças ao sobrenome da avó paterna, Rita Carneiro. Em 1942, Marcondes Alves de Queiroz, um dos filhos de Juvenal, abriu o primeiro e, por muito tempo, único armazém da redondeza, chamado de Casa Carneiro. Em 1951, surgia a capela consagrada à Nossa Senhora Aparecida. Nela, a missa inaugural foi celebrada pelo cônego Osório, então vigário da paróquia de Campina Verde. Em 1952, Marcondes doou um terreno para que nele fosse construída a escola. Dois anos depois, ofertou outro para a formação do povoado denominado de "Carneirinhos", em homenagem aos irmãos fundadores. Em 30 de dezembro de 1962, resultado do esforço de vários líderes políticos, constitui-se o Carneirinho, ainda distrito de Iturama. No dia 28 de abril de 1992, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, foi oficialmente instituído o município de Carneirinho.

Marcondes Alves de Queiroz O casal Marcondes e Ana
Nota fiscal eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica
Portal da transparência
  Portal da Transparência

Acesso a informação

« Janeiro 2017 »
Janeiro
DoSeTeQuQuSeSa
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031