Você está aqui: Página Inicial / Interno / teste angelo / Carneirinho é referência por merenda escolar de qualidade - tamanho

Carneirinho é referência por merenda escolar de qualidade - tamanho

por mayrabarbosasouza — publicado 29/07/2014 16h50, última modificação 30/07/2014 08h54

Ciente de que a alimentação saudável é importante não só para o crescimento físico das crianças, mas para o intelectual, a Prefeitura investe cada vez mais na merenda escolar. Cada refeição é preparada com ingredientes das diferentes classes de nutrientes (carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e minerais). “Desejamos vê-las crescendo felizes e satisfeitas com o que comem na escola. Sinto-me contente quando as ouço elogiando a comida. Com as graças de Deus, espero que nunca falte nada nas despensas”, afirma Willian Maia, o prefeito.

Atualmente, três hortas estão produzindo hortaliças e a quarta está quase pronta para ser cultivada. Em Carneirinho, no quintal da Secretaria Municipal de Educação, está localizada a que abastece as cozinhas da Cemei Elizabete Rodrigues da Silva Ferreira - “Tia Bete”, das escolas e creches dos distritos e vilas e da Apae; no pátio da Escola Vicente Luiz Alves existem duas que suprem as necessidades da própria escola.

Os zeladores Ionaldo Jesus dos Santos e Fidelcino Luiz Soares plantam couve, couve-flor, alface, cebolinha, salsa, acelga, rúcula, beterraba, cenoura, repolho, abóbora e mandioca. Os dois trabalham exclusivamente na lida com as verduras e garantem uma colheita farta. “Agradeço o empenho deles e a ajuda do extencionista da Emater, Alexandre Neves”, diz a assistente de alimentação escolar, Devanilda Paula dos Santos Silva.

As frutas, como melancia, abacaxi, mamão, laranja e banana são adquiridas por meio da agricultura familiar, o que incentiva a economia local. A nutricionista, Poliana Rosa, é responsável por visitar quinzenalmente as escolas e creches e, posteriormente, montar o plano de gasto a fim de evitar falta ou desperdício de alimentos. Também orienta as cozinheiras sobre vencimento, higiene e armazenamento dos diversos gêneros alimentícios.

Nas escolas e creches, além da tradicional merenda, servida nos períodos matutino e vespertino, que inclui carne vermelha, peixe, frango, leite, danone, macarrão, arroz, feijão, pão, chás, sucos naturais, bolos, tortas salgadas, biscoito de polvilho, pão de queijo, há também os lanches especiais, oferecidos em datas comemorativas, como sorvete, cachorro-quente e canjicada. Tudo pensando na satisfação dos estudantes. “Os alimentos são de ótima procedência e os pratos são feitos com muito carinho por nossas cozinheiras. Vemos que os pais estão satisfeitos”, ressalta a diretora da Cemei “Tia Bete”, Euza Albina. 

Horta

Horta

Horta da Escola Municipal Vicente Luiz Alves Horta da Escola Municipal Vicente Luiz Alves
Fidelcino

Zelador Fidelcino Luiz Soares em uma das hortas da EMVLA

Isabella Gonçalves, aluna da Cemei “Tia Bete” Betina Carla, aluna da Cemei “Tia Bete”
Heitor Augusto, aluno da Cemei “Tia Bete”

Horta localizada na Secretaria Municipal de Educação, em Carneirinho. Na foto, o prefeito, Willian Maia, a secretária de Educação, Sônia Maia, a assistente de alimentação escolar, Devanilda e o zelador Ionaldo 

Uma das muitas despensas cheias. Essa é na Escola Municipal Olegário Francisco de Queiroz, em São Sebastião do Pontal. Na foto, o prefeito, Willian Maia, a secretária de Educação, Sônia Maia, a diretora, Rosicler e a supervisora escolar, Maria Conceição